Federação de Futebol do Egito afirma que Salah jogará a Copa do Mundo 2018

Foto destacada:  David Ramos/Getty Images

O atacante Mohamed Salah voltará à tempo para a disputa da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.  Nesta segunda-feira (28), a Federação de Futebol do Egito (EFA) informou que o jogador iniciou o tratamento no ombro esquerdo, após se lesionar na final da Champions League contra o Real Madrid, no último sábado (26). Salah teve uma lesão nos ligamentos do ombro esquerdo constatada após passar por raios-x, neste domingo.

De acordo com a Federação Egípicia, o atacante necessitará apenas de duas semanas de recuperação. Depois desse período, Salah já irá se concentrar junto dos demais jogadores convocados pelo país para a disputa do Mundial.

O atacante do Liverpool se manifestou pelo Twitter e tranquilizou os torcedores.  “Foi uma noite difícil, mas sou um lutador. Apesar de todas as dificuldades, estou confiante que estarei na Rússia para fazê-los todos orgulhosos. Seu amor e apoio me dará a força que preciso”, disse o jogador.

Salah viajará à Espanha nesta terça-feira e será avaliado por um médico escolhido pela entidade. A equipe médica do Liverpool também vai acompanhar o tratamento. “Salah iniciou seu programa terapêutico ontem (domingo) e está indo para a Espanha amanhã (terça-feira) para completar seu tratamento. O dr. Mohammed Abu Ola, médico da seleção, e o médico eleito vão encontrá-lo lá na próxima quarta-feira”, disse o Twitter oficial da EFA.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.