“Haka dos Vikings”: Com a força da torcida, Islândia sonha em fazer história na Copa do Mundo; conheça mais sobre a menor seleção do mundial

Antes da Eurocopa de 2016, provavelmente, você, caro leitor, não havia escutado quase nada sobre a seleção de futebol da Islândia. Ou, até mesmo sobre o país. Fato é que a Islândia fez história e vai à Rússia para disputar sua primeira Copa do Mundo junto à sua torcida fanática que ficou mundialmente conhecida por suas comemorações. É hora de conhecer um pouco mais sobre a Islândia e a paixão futebolística na arquibancada.

A Islândia é um país pequeno no que diz respeito à quantidade de habitantes. Apenas 335 mil. Número que se equipara, pasmem, à cidade de Ponta Grossa, no Rio Grande do Sul. Os islandeses, agora, vão à competição como a menor nação a jogar uma Copa, tirando a marca de Trinidad e Tobago (1,3 milhão), de 2006. No Mundial, a Islândia estreia contra a Argentina, de Lionel Messi. Mas, nada que abale a confiança de sua torcida. Afinal, na Eurocopa de dois anos atrás, Cristiano Ronaldo pouco fez no embate contra a Islândia que ainda iria eliminar a poderosa Inglaterra nas oitavas de final do torneio europeu.

Ah… a torcida. Os irlandeses invadiram a França! 8%, sim, 8% dos habitantes foram acompanhar a seleção da Islândia na última Eurocopa. No total, 26.985 cidadãos do país compraram ingressos para os jogos. Uma proporção absurda ao comparar com outras seleções do mundo.

Lotando a parte destinada à torcida nos estádios, os islandeses deram um show. Após as partidas, comemoravam juntos aos seus torcedores com o grito vikings. O cântico começa calmo e vai ganhando força com o tempo, acabando por envolver todos os presentes. Com cânticos e palmas sincronizadas, os torcedores junto à equipe islandesa, liderada pelo capitão Aron Gunnarsson, fizeram uma dança arrepiante que parecia um grito de guerra e lembrava um haka, dança típica da Nova Zelândia. A dança, então, passou a ser chamada de “haka dos vikings”, por ter sido uma demonstração de força da seleção da Islândia. O haka é uma dança Maori usada na Nova Zelândia antes dos jogos de rugby para intimidar os adversários, mas também pode ser feita para demonstrar amor e admiração por alguém. Assim, os jogadores agradeciam a presença e apoio de seus torcedores.

France v Iceland - Quarter Final: UEFA Euro 2016

Fato é, que juntos aos seus torcedores, a Islândia fez história e vem realizando uma verdadeira revolução no futebol. Desde à formação de jogadores a técnicos. A Islândia vai forte à Copa do Mundo e nem mesmo a estreia contra a Argentina, de Messi, abala a confiança do torcedor. E é o correto. Às oitavas? Quem sabe… ninguém pode duvidar da Islândia.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.