Origem dos dois gols da vitória do Atlético-PR, Carleto destaca a importância da bola parada

Na noite desta quinta-feira (31), o Atlético-PR derrotou o Santos por 2×0, na Arena da Baixada. A partida envolvia duas equipes que estavam na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o Furacão pula para o 13ª lugar, enquanto o time paulista termina a rodada na 18ª colocação.

O resultado pôs fim a uma sequência ruim de resultados do Atlético-PR no campeonato. A primeira e única vitória da equipe foi a goleada por 5×1 contra a Chapecoense, na rodada de estreia da competição. Os gols da partida foram marcados por Thiago Heleno e Guilherme.

Com participação direta nos dois gols, Thiago Carleto foi um dos melhores jogadores da partida. O lateral esquerdo deu o cruzamento para o gol de cabeça de Thiago Heleno e deu um chute forte para o rebote de Vanderlei sobrar nos pés de Guilherme. Além de ser o “homem das bolas paradas” da equipe,

“Me traz uma grande responsabilidade. Talvez vocês não vejam muito, mas isso (bolas paradas) me faz trabalhar cada vez mais. Quando acaba o treinamento, eu continuo treinando, de todos os lados do campo. Trabalho jogadas com os meus companheiros e com o preparador de goleiros. Todo pós-treino nós inventamos jogadas novas. Hoje eu vi que era o meu dia, arrisquei e o Guilherme conferiu o rebote, que eu tanto imploro aos atacantes. A bola parada é muito importante, pois a nossa equipe gosta de ficar com a bola, e os adversários sabem como nós jogamos e tem nos dificultado bastante. Talvez a bola parada possa fazer a diferença como fez hoje, nos dando a vitória.”, disse Thiago Carleto.

carleto
Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O técnico Fernando Diniz considera o lateral uma peça-chave do elenco. Além da boa batida na bola de Thiago Carleto, o treinador destacou características que diferenciam o jogador.

“Um jogador muito importante. É um jogador muito aguerrido, que se entrega muito e tem alma. Além disso, sabe marcar território e é muito decisivo na bola parada e nos chutes de longe. Ele sabe muito bem usar essa questão de bater na bola com excelência e tem sido importante ao longo da temporada. Fora de campo, ele tem um caráter muito firme. É um jogador que a gente pode contar, que se apresenta quando a situação está difícil e treina muito. É um profissional exemplar e um jogador decisivo.”, disse Diniz.

O goleiro Vanderlei precisou defender quatro dos cinco chutes de Carleto na partida. Segundo o WhoScored, O lateral foi o segundo jogador que mais tocou na bola, com o total de 67 toques – atrás apenas de Matheus Rossetto, com 78.

carletim
Fonte: WhoScored

O Atlético-PR retorna a campo contra o América-MG, no dia 03/06, no Independência.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.