Análise: Inglaterra faz bom primeiro tempo e garante vitória apesar de pressão da Nigéria

Na tarde deste sábado (2), a Inglaterra recebeu a Nigéria em amistoso internacional antes da Copa do Mundo. O jogo disputado no Wembley Stadium acabou em 2 a 1 para os mandantes, com tentos de Cahill, Kane e Iwobi. As duas seleções ainda entrarão em campo nos próximos dias e finalizarão suas preparações para o maior torneio de futebol do planeta.

A partida começou com um domínio claro da Inglaterra. Tendo a posse de bola e chegando no ataque com certa facilidade, os mandantes levaram perigo várias vezes em um intervalo de tempo curto.

Primeiro, uma cobrança de falta perigosa que obrigou boa defesa de Uzoho. Em seguida, um escanteio cobrada com perfeição achou Gary Cahill na área para abrir o placar aos sete minutos. Sterling quase marcou depois de receber passe e enganar o defensor, mas chutou para fora.

Apesar das tentativas de avançar e gerar suas primeiras oportunidades, a Nigéria encontrou dificuldade para passar do meio campo dos mandantes. Jogando no 3-5-2, o English Team manteve a superioridade – nos dois lados do campo – sobre o 4-3-3 adversário.

966115656.jpg
Foto: Erwin Spek/Soccrates/Getty Images

A pressão defensiva da Inglaterra foi fundamental para que o placar fosse ampliado. Após passe errado de Onazi, a bola chegou aos pés de Harry Kane, que balançou as redes com o chute de fora da área. Os visitantes ainda finalizaram uma vez antes do intervalo, mas sem sucesso.

Observando os mapas de calor de cada equipe na etapa inicial, é possível observar a presença consistente da Inglaterra no meio-campo, contra a Nigéria mais defensiva e tentando sair pelos lados do campo. Veja:

Sem heat
Fonte: WhoScored

Se no primeiro tempo os Super Eagles não causaram sustos aos adversários, a segunda etapa começou de forma oposta. Logo no primeiro minuto, Ighalo finalizou na trave e a bola voltou para Alex Iwobi, que diminuiu o marcador. A festa do torcedor nigeriano aumentou, ajudando o time a gerar alguns momentos adicionais de pressão.

As mudanças dos africanos prejudicou o jogo da Inglaterra, que mostrou dificuldades em certas situações. A demora para que Gareth Southgate fizesse alterações também surpreendeu, já que Gernot Rohr mexeu na escalação logo após o intervalo.

966115618.jpg
Foto: Erwin Spek/Soccrates/Getty Images

O ritmo da partida caiu de forma natural. O English Team voltou a administrar a vantagem e, apesar de algumas tentativas de movimentação para o empate da Nigéria, não houve muitas chances a mais nos últimos vinte minutos. Já nos acréscimos, Welbeck foi lançado pela direita, mas prendeu demais a jogada e perdeu a chance final dos ingleses.

Nos mapas de calor (com jogadores que entraram e sem jogadores que foram substituídos), é possível ver o aumento do trabalho pelo meio da Nigéria, enquanto a Inglaterra aumentou seu tempo na zona de defesa em relação à etapa inicial da partida amistosa. Alguns ajustes ainda podem ser feitos até a Copa do Mundo, que começa em menos de duas semanas.

heat.png

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.