Em jogo truncado, Paraná vence Fluminense e conquista primeira vitória no Brasileirão

Paraná Fluminense realizaram na noite da última segunda-feira (4) o último jogo da 9ª rodada. No Estádio Durival Britto e Silva, o tricolor paranaense venceu o tricolor carioca por 2 a 1 e chegou aos seis pontos, se mantendo ainda na vice-lanterna. Já o Fluminense ficou na 9ª posição, somando 14 pontos.

Foto: Geraldo Bubniak/Divulgação/Paraná

Paraná desperdiça duas chances, e Flu mal chega ao ataque

O primeiro tempo dos times resume-se apenas em dois lances. Aos 25 minutos, Thiago Santos recebeu de Caio Henrique e soltou uma bomba que parou na trave de Júlio César. Logo depois, o time de Rogério Micale teve outra oportunidade de abrir o marcador, desta vez com o zagueiro Jesiel, que aproveitou um cruzamento e aplicou um lindo voleio para a grande defesa de Júlio. Em contrapartida, o Fluminense não conseguiu criar nenhuma chance clara de gol, pois encontrou bastante dificuldade para passar do meio de campo. Acuado, o tricolor carioca errou abusivamente em números de passes, e ficou esperando o Paraná na sua defesa.

Intervalo faz bem para os mandantes e o jogo fica mais animado

Na volta para a segunda etapa, o Paraná continuou a preencher a área defensiva dos cariocas. No minuto 5, Léo Itaperuna invade a área e é derrubado por Léo. O juiz, que estava em cima do lance, marcou a penalidade. Na cobrança, Thiago Santos  chamou a responsabilidade e cobrou o pênalti, deslocando Júlio César. 1 a 0 para delírio da torcida paranaense.

Com o resultado adverso, Abel Braga  colocou Matheus Alessandro no lugar de Léo, que saiu de campo por conta de dores no joelho. A entrada do jovem atacante fez bem ao time, que conseguia chegar na área do Paraná. Mesmo com um volume maior, a equipe carioca não demostrava eficiência na hora de concluir ao gol. Portanto, Abel chamou Pablo Dyego e o pôs no lugar de Jadson. Ainda com a entrada de dois atacantes, o Fluminense não conseguia armar jogadas ofensivas por conta dos mesmos erros que cometeu no primeiro tempo: a falta de precisão nos passes.

Já no final da partida e com o jogo sob controle, Guilherme Biteco aumentou a vantagem na Vila Capanema. Após Caio Henrique cruzar para a área, Biteco recebeu sozinho no segundo pau e desviou a bola para o gol. Praticamente com a partida ganha, e com o time recuado, o Fluminense balançou as redes do goleiro Thiago Rodrigues. Pablo Dyego aproveitou um bate-rebate na pequena área e diminuiu para o tricolor das laranjeiras.

Ambos os times voltam a campo na próxima quinta-feira (7). Enquanto o Paraná recebe o Bahia às 20h, o Fluminense terá pela frente um clássico contra o Flamengo, líder do Brasileiro. O jogo ocorrerá no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 20h.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.