Em noite de clássico, Atlético-MG supera o América-MG e volta a vencer no Campeonato Brasileiro

Na noite desta quinta-feira (7), o estádio Independência recebeu o clássico mineiro entre América e Atlético. O coelho buscava mais um resultado positivo no Campeonato Brasileiro já que na última rodada venceu o Atlético-PR por 3 a 1 de virada. Do outro lado, o galo queria a reabilitação na competição, pois nas últimas três rodadas havia perdido para Flamengo e Sport, e empatado com a Chapecoense, respectivamente.

CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE A 2018: AMÉRICA MG X ATLÉTICO MG
Foto: Mourão Panda / América

O América começou atacando primeiro e pressionou mais no início do jogo, mas foi o rival Atlético quem balançou as redes primeiro. Aos 11 minutos da etapa inicial, o volante Gustavo Blanco chegou em profundidade pela direita, deu um belo passe para o atacante Róger Guedes, que cruzou na medida para o camisa nove, Ricardo Oliveira abrir o placar do jogo.

Os jogadores americanos não se intimidaram com o gol sofrido logo nos minutos iniciais da partida. Pelo contrário, continuaram a atacar o time comandado pelo técnico Thiago Larghi. No entanto não conseguiram aproveitar as oportunidades para empatar o jogo. E como diz o ditado “quem não faz leva”, o Atlético se aproveitou disso e ampliou o placar. Aos 39 minutos, o meia Cazares, recebeu a bola lançada por Luan, dentro da grande área, ele chutou com o pé esquerdo e marcou o segundo gol do time alvinegro.

Na volta do intervalo um fato curioso chamou a atenção. O árbitro da partida Bráulio da Silva Machado, reiniciou o jogo sem dois jogadores do Atlético em campo. Os atacantes Róger Guedes e Ricardo Oliveira demoraram a volta do vestiário, o árbitro não percebeu o corrido e deu início ao segundo tempo. A atitude do árbitro irritou bastante o técnico Thiago Larghi que reclamou muito e acabou sendo expulso da área técnica.

O jogo estava totalmente em aberto, e logo aos 6 minutos da etapa complementar o América diminuiu o placar com o zagueiro Messias. O camisa quatro do coelho subiu mais alto que a defesa do Atlético, após a cobrança de falta do meia Serginho,  e cabeceou para o fundo da meta defendida pelo goleiro Victor. O time alvinegro jogava melhor, mas a equipe do técnico Enderson Moreira incomodava o adversário quando chegava ao ataque.

O Atlético foi superior ao América durante boa parte do jogo, e com isso conseguiu chegar ao terceiro gol.  Aos 43 minutos do segundo tempo, Róger Guedes arrancou pelo meio e encontrou Tomás Andrade sozinho, o argentino finalizou com categoria na saída do goleiro Jori e decretou a vitória atleticana pelo placar de 3 a 1. Com esse resultado o América segue sem vencer o rival na temporada. Já são quatro jogos disputados e quatro vitórias alvinegras.

A boa atuação do time atleticano no clássico foi essencial para voltar vencer e subir  na tabela de classificação. Com o resultado final, o galo agora é o quarto colocado do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos, enquanto o coelho está na 11ª posição com 13 pontos ganhos.

Próximos jogos

Antes da parada do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo, América e Atlético entram em campo para mais duas partidas no Brasileirão. No domingo (10), o alviverde visita a equipe do Grêmio, em Porto Alegre, na Arena do Grêmio. Já o alvinegro recebe o Fluminense no estádio Independência, em Belo Horizonte. E no dia 13, quarta-feira, tanto o América como o Atlético jogam no Independência. Às 16h a bola rola para América x Chapecoense, e às 21:45h será a vez de Atlético x Ceará.

Ficha técnica: AMÉRICA-MG 1 x 3 ATLÉTICO-MG

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 07/06/2018 (quinta-feira)

Local: Independência, Belo Horizonte-MG

Público: 7.776

Renda: R$ 94.730,00

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC) / Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Neuza Ines Back(Fifa-SC)

Gols: Ricardo Oliveira aos 11 e Cazares aos 39 minutos do primeiro tempo; Messias aos 6 e Tomas Andrade aos 43 minutos do segundo tempo.

América-MG: Jori; Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Giovanni; Leandro Donizete (Ruy), Christian, Serginho, Aylon e Luan (Marquinhos); Judivan (Ademir). Técnico: Enderson Moreira

Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Juninho (Bremer); Adilson, Gustavo Blanco, Luan (Tomás Andrade) e Cazares (Elias); Róger Guedes e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

Cartões amarelos: Norberto, Serginho (AME); Leonardo Silva, Elias (CAM)

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.