Para manter sequência positiva antes da parada, Inter recebe o Vasco da Gama pelo Campeonato Brasileiro

(Foto: Divulgação / Internacional)

Invicto há oito jogos, Colorado busca se manter nas primeiras posições para voltar ao campeonato, em julho, com boa colocação na tabela; Equipe cruz-maltina vem embalada de vitória, mas problema na defesa faz Jorginho mexer na equipe

Para encerrar a primeira parte do Campeonato Brasileiro antes da Copa do Mundo, o Internacional recebe o Vasco na noite desta quarta-feira (13). A bola rola no estádio Beira Rio a partir das 21h45, pela 12ª rodada do campeonato nacional.

Desfalques e mistério no meio-campo

Após vencer o Santos no último domingo (10), por 2 a 1 na Vila Belmiro, o colorado quer se manter no G-6 e manter a fase boa. A equipe porto-alegrense ocupa a 5ª posição com 19 pontos e está invicta há oito jogos. Para a partida diante da equipe alvinegra, Odair Hellmann terá três desfalques: Edenílson, recebeu o terceiro cartão amarelo na Vila, e volta apenas depois da parada para a Copa. Danilo Fernandes, que sofreu uma concussão cerebral após choque com o zagueiro Rodrigo Moledo, no domingo. O goleiro garantiu estar bem em uma postagem nas redes sociais. Mas o protocolo médico tira o arqueiro do jogo. Outra baixa é Zeca. O lateral sofreu uma lesão na coxa na última semana e nem enfrentou o Santos.

Na tarde desta terça-feira (12), Odair Hellmann comandou o último treino antes do confronto. Como já é costume, o treinador fechou o trabalho para a imprensa. A maior dúvida fica à cargo de Edenílson. Os mais cotados para substituir o camisa 8 fazem funções distintas: Camilo é jogador de articulação e seria uma opção mais ofensiva. Gabriel Dias é zagueiro de origem, mas atua como volante e entraria caso o desejo do comandante seja fechar a equipe. Juan Alano, que já fez a mesma função do meio-campista, está sem condições de jogo por lesão muscular na coxa. Outro nome é o do garoto Richard, que joga na mesma de Camilo, mas corre por fora como opção.

galeria_foto_f4b46ad80261f45a97eaf330f833b985.jpg(Foto: Divulgação / Inter)

Para a vaga de Danilo Fernandes, Marcelo Lomba deve ser o titular. Até especulava-se que o arqueiro reserva pudesse estar de saída do clube gaúcho, por não estar entre os convocados para partida diante do Peixe. No entanto, Lomba foi liberado para resolver problemas particulares e está relacionado para o jogo diante dos cariocas. No lugar de Zeca, Fabiano mais uma vez deve ser o titular.

Dor de cabeça na defesa

O Vasco vai à Porto Alegre motivado pelo início do trabalho do novo comandante, Jorginho. O Gigante da Colina venceu o Sport na última rodada por 3 a 2 e viaja para a capital gaúcha na 10ª posição, com 15 pontos. A falta de solidez na zaga alvinegra é o que assusta. Em 11 jogos na competição, a dupla de defesa já mudou seis vezes e contra o Inter não será diferente.

42756514691_1a997da8bb_k.jpg(Foto: Divulgação / Vasco)

Isso porque Paulão é emprestado pelo Colorado ao Vasco e o acordo de cavalheiros, que não permite a atuação de um jogador cedido contra o clube de origem, tira o zagueiro da partida. Com Breno, Werley, Paulão e Ricardo indisponíveis, o Jorginho terá de achar uma dupla para atuar no sul. Erazo e Luiz Gustavo são os cotados para a titularidade. Porém, não descarta-se de que o garoto oriundo das categorias de base vascaína, Miranda, seja o escolhido.

 

Histórico de Confrontos

fernandao_estatica_1610.jpg Em 2005, o Inter aplicou 3 a 1 na equipe Vascaína, no estádio Beira Rio (Foto: Divulgação / Internacional)

Internacional e Vasco já se encontraram outras 66 vezes até o confronto desta quarta-feira. O Colorado leva pequena vantagem. São 27 vitórias da equipe gaúcha, contra 24 dos cariocas e 15 empates. O interessante deste histórico é o número de gols marcados: ambos balançaram as redes 95 vezes. O último encontro entre as equipes foi em 02 de setembro de 2015, quando o Inter venceu a equipe cruz-maltina por 6 a 0, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Prováveis escalações

Internacional: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Camilo, Patrick, William Pottker e Lucca; Leandro Damião. Técnico: Odair Hellmann.

Vasco da Gama: Fernando Miguel; Rafael Galhardo, Luiz Gustavo, Erazo e Henrique; Desábato, Andrey, Yago Pikachu, Bruno Consendey, Giovanni Augusto e Andrés Rios. Técnico: Jorginho. 

Arbitragem:

Raphael Klaus, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Rogério Pablos Zanardo (trio paulista).

 

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.