Ao apagar das luzes, Mena marca e Corinthians soma quatro jogos sem vencer

Nesta quarta-feira (13), pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro, o Bahia bateu o Corinthians desfalcado na Fonte Nova por 1 a 0 com gol do chileno Mena no final do confronto. Se o placar foi magro, há um motivo: Walter teve grande atuação.

Com o resultado, a equipe corintiana acumula quatro partidas sem encontrar a vitória e chega a terceira derrota em cinco jogos no Brasileirão sob comando de Osmar Loss; os baianos, por sua vez, voltaram a vencer após quatro rodadas.

A paralisação do Campeonato para o início da Copa do Mundo, que começa na próxima quinta-feira (14) veio em bom momento para as duas equipes que precisam se reestruturar. Os alvinegros assistirão à Copa com 17 pontos somados na tabela; os tricolores com 10 pontos e na zona da degola.

A primeira etapa do confronto externou um nível de futebol fraco das duas equipes. O Corinthians foi inócuo no ataque e permitiu espaços para chegadas do Bahia sem que os tricolores produzissem para tal.

A primeira boa tentativa do jogo veio com os donos da casa. Aos 09 minutos, Nino Paraíba foi à linha de fundo e cruzou para Kayke testar à esquerda do gol e assustar Walter.

Logo em seguida aos 12, novamente Kayke trouxe perigo para o arco alvinegro. O atacante cobrou falta que desfiou na barreira e obrigou Walter fazer outra bela defesa.

O Bahia continuava a propor mesmo sem tanta qualidade coletiva e individual, enquanto o Corinthians esboçava contra-ataques geralmente desgovernados.

Aos 19 e 20 minutos, os donos da casa quase marcaram com Kayke e Élber, que foram impedidos por Pedro Henrique e Walter.

As chances de gol da primeira etapa foram praticamente todas do lado baiano. Aos 42 Zé Rafael teve grande chance após jogada de Nino Paraíba, mas a finalização não foi boa.

Na volta ao campo, os dois times entraram com modificações. No lado corintiano, Juninho Capichaba entrou no lugar de Sidcley; Élber deu vaga a Mena, autor do único tento do jogo.

A segunda etapa foi semelhante à primeira em termos de postura dos times. O Bahia seguiu a tentar mais a produção de jogadores, no tempo que o time de Loss sofria bastante para criar algo que resultasse em chances de marcar.

A primeira chance de balançar as redes no segundo tempo veio aos 05 minutos. Régis roubou a bola e fez bom cruzamento para Mena, o lateral invadiu a área e perdeu chance claríssima quase na pequena área.

A outra tentativa perigosa veio novamente do lado baiano. Nino Paraíba pela direita alçou a bola na área e Mena em infiltração acertou a trave direita de Walter, que somente olhou a bola bater em seu arco.

O time de Loss tentava chegar ao gol, mas sem oferecer grandes perigos para defesa dos anfitriões. A única oportunidade clara para os visitantes veio aos 42 minutos, quando Maycon aproveitou o rebote no chute de Emerson Sheik e acertou a trave.

Na última jogada com chances de gol da partida, Mena marcou o único do jogo e assinalou sem primeiro tento com a camisa do Bahia. Em contragolpe, Régis recebeu pela direita, abriu espaço e ligou o chileno, que livre soltou uma bomba para estufar as redes de Walter.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.