Seleção da segunda rodada da Copa conta com dois brasileiros e dupla belga. Confira!

A segunda rodada foi marcada pela dramaticidade dos jogos de algumas campeãs mundiais, como: Brasil, Alemanha e Espanha. O que mostra o equilíbrio cada vez maior no futebol e a nível mundial. Com o final da rodada, fizemos mais uma vez uma seleção correspondente aos jogos dela.

GOLEIRO
Apesar de ter perdido o jogo no final, Keylor Navas fez partida segura e contribuiu muito para que o drama brasileiro fosse cessado apenas nos acréscimos. Sempre bem posicionado, o arqueiro do Real Madrid ainda fez um milagre em chute à queima-roupa de Neymar.

LATERAL DIREITO
Thomas Meunier foi peça importante na goleada belga por 5 a 2 contra a Tunísia. Sempre incisivo no ataque, o ala foi um ótimo escape da seleção pela direita e ainda assistiu Lukaku em belo passe no terceiro gol.

ZAGUEIROS
Thiago Silva fez partida sublime contra a Costa Rica e foi sem dúvidas um dos melhores em campo. Diante de um adversário que atacou, sobretudo, às costas de Marcelo, o jogo exigiu duelo individual dos zagueiros brasileiros que atuaram de maneira segura e eficiente, principalmente o ex atleta do Fluminense. Ao seu lado, John Stones, que além de partida segura na defesa, contribuiu no ataque com dois gols e sofrendo um pênalti, não à toa a seleção inglesa goleou com facilidade o Panamá por 6 a 1.

Foto O Globo
Foto: Reprodução/ O Globo

LATERAL ESQUERDO
Mostrando um dos futebol mais eficiente-e um dos melhores- até aqui, é quase que obrigação por algum jogador do México em uma seleção. Devido a obediência tática e eficiência que cada jogador treinado por Juan Carlos Osório demonstra. Dessa vez Jesús Gallardo é quem foi premiado por sua atuação. Seguro na defesa, o mexicano era uma porta fechada aos ataques coreanos por aquele lado. Preciso nos desarmes e rápido nos contra ataques, a camisa 6 é dele!

MEIO CAMPO
Diferentemente da primeira rodada, montamos a seleção com apenas 3 meio campistas, e de muita qualidade! Começamos com o maestro Luka Modric que dominou todo e qualquer espaço no duelo contra Argentina e ainda premiou sua atuação com um verdadeiro golaço, o segundo na vitória por 3 a 0 sob os hermanos. Atuação digna de um camisa 10. Ao seu lado escalamos o brasileiro Philippe Coutinho que mais uma vez foi o melhor do Brasil em campo e saiu como salvador, já que o derradeiro gol saiu nos acréscimos. O atleta do Barcelona criou jogadas, fez viradas de jogo, concluiu à meta adversária e foi premiado com o gol no final. Para fechar o setor: James Rodríguez. Mesmo sem estar ainda na sua plenitude técnica, o colombiano fez ótima partida individual. E foi simplório. Verticalizou jogadas e premiou sua objetividade com 2 belíssimas assistências na vitória por 3 a 0 sob a Polônia, além disso, mostrou maestria ao ditar o ritmo de jogo com dribles e belos passes.

Brazil v Costa Rica: Group E - 2018 FIFA World Cup Russia
Coutinho foi mais uma vez o melhor do Brasil em campo. (Foto: Getty Images)

ATACANTES
Derrotada na estreia, a Nigéria precisava vencer para manter chances de classificação e Musa foi o responsável por encaminhar a vitória africana contra a Islândia. O atacante do CSKA Moscou brilhou com dois gols na vitória por 2 a 0 e manteve a esperança nigeriana viva. Para fazer companhia a ele, escolhemos a dupla belga Hazard e Lukaku. O atleta do Chelsea foi além e se enquadra no craque da rodada, visto que teve atuação brilhante ao marcar dois gols na goleada sob a Tunísia e foi quem comandou a maioria dos ataques da equipe. Já o atacante do Manchester United foi premiado pelo bom posicionamento e eficiência nesta Copa com mais dois gols. Atuação digna de estar em uma seleção e que o encaminha a ser um dos fortes candidatos à artilharia da competição.

Belgium v Tunisia: Group G - 2018 FIFA World Cup Russia
Hazard foi o craque da rodada. (Foto: Getty Images)

TÉCNICO
A eficiência na sua proposta de jogo, a obediência tática de seus jogadores e a clara compra da ideia de jogo por parte deles faz Juan Carlos Osório está mais uma vez presente na seleção da rodada. Demonstrando um futebol surpreendente e eficiente, o México é uma séria candidata a ir longe na competição e o comandante tem influência direta nisso.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.