Guerrero marca e Peru vence Austrália na despedida da Copa

A seleção peruana se despediu da Copa do Mundo de 2018 nesta terça-feira (26) com uma vitoria sobre a Austrália e voltou a vencer uma partida na competição 40 anos depois. A última vitoria do Peru em um mundial foi em 1978 contra o Irã. A vitória por 2×0 também decretou o retorno dos australianos para casa. França e Dinamarca que empataram em 0x0 foram os classificados do grupo C. Os gols peruanos foram marcados por Carrillo e Guerrero.

Sem chance de classificação os peruanos entraram em campo em busca da tão desejada vitoria. A honra dos peruanos era mais valiosa do que qualquer classificação.

Controle australiano e Peru cirurgico

O Peru iniciou o jogo com suas linhas recuadas, diferente do que apresentou até aqui com inícios de partidas intensos, a seleção peruana ofereceu a bola e permitiu que a equipe australiana tivesse mais posse e propusesse o jogo. E assim foi com um bom inicio que a equipe da Austrália criou algumas oportunidades, a blitz impediu que o Peru levasse algum perigo a meta do goleiro Ryan. A partida seguia sob o controle australiano, que apesar da posse, deixou de oferecer perigo, o Peru não conseguia fazer a transição rápida que o torna tão perigoso, mas em uma rara escapada a bola ficou com Guerrero que com inteligência esperou a movimentação de Carrillo e cruzou, Carrillo em velocidade chutou de primeira e abriu o placar. 1×0 e festa dos peruanos que eram maioria nas arquibancadas.

A festa em Sochi foi de arrepiar, os peruanos fizeram seu primeiro gol nesta copa do mundo. Desde 1982 que não marcavam e não participavam de um mundial.

Na sequencia do gol o Peru parecia querer esfriar o jogo, tentando dividir mais a posse com a Austrália, a seleção peruana ficava com a bola no seu campo de defesa, enquanto a Austrália corria atrás do prejuízo. A partida ficou equilibrada, o Peru conseguia levar perigo, mas a Austrália seguia mandando no jogo e por muito pouco não empatou a partida na primeira etapa; Kruse recebeu dentro da área e cruzou para Leckie que não chegou antes da defesa peruana. Foi a grande chance da Austrália no primeiro tempo.

Apesar de ter mais posse, mais chances criadas, a Austrália não foi tão eficaz na finalização. O controle da partida foi apenas uma consequência da estratégia do seu adversário que ofereceu a bola e esperou para “dar o bote”. Apesar de ter demorado a entrar no jogo, o Peru conseguiu o gol no seu pior momento no jogo e utilizou da transição rapida para pegar a Austrália desprevenida e abrir o placar.

sts.jpg

(Apesar de ter mais posse a Austrália não foi capaz de sair vitoriosa Foto:SofaScore)

Guerrero desencanta e acaba com a esperança australiana

O segundo tempo não podia começar da pior forma para a Austrália. Se ainda existia esperança na classificação, um personagem que teve sua própria novela tratou jogar um balde de água na fria na esperança australiana. Paolo Guerrero, que até 20 dias antes da Copa do Mundo estava impedido de disputar a competição fez o gol merecido. Após tantas incertezas e tantas batalhas judiciais com certeza esse momento coroou o craque peruano como um dos maiores jogadores do seu país. Cueva invadiu a área e tentou cruzar, no bate rebate a bola sobrou para o artilheiro que não perdoou e fez o 2×0.

O jogo seguiu como a primeira parte, com posso e controle dos australianos que foram mais perigosos na segunda etapa, principalmente pela bola área. O Peru seguia abusando da velocidade dos seus jogadores de frente. O segundo tempo ainda reservou outro momento histórico alem do gol peruano. Tim Cahill, lenda do futebol australiano entrou em campo no lugar de Juric e se tornou o primeiro jogador da Austrália a atuar em quatro copas do mundo. O veterano não entrou apenas para fazer historia, e logo apos sua entrada teve sua primeira chance no cruzamento de Behich, Cahiil por pouco não diminuiu o placar.

Um jogo repleto de emoções e momentos históricos; a festa dos peruanos até parecia ser de um titulo. De forma muito honrosa às equipes se despedem da competição de cabeça erguida. Guerrero agora volta para seu calvário e irá cumprir o que resta de sua punição; Cahill retorna para casa como um herói

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.