Raio-x: as atuações que levaram Uruguai e Portugal às oitavas de final

Foto: Divulgação/AUF

Passada a fase de grupos, fica a impressão de a Copa do Mundo está cada vez mais perto de acabar. Não é para menos, a partir de agora todas as fases serão decididas em jogo único. As oitavas de final começam nesse sábado, com dois jogaços. Entre eles, Uruguai e Espanha, às 15h. Por isso, o Doislances faz um raio-x das campanhas dos dois times até essa fase.

Uruguai

A Celeste começou a Copa do Mundo com a expectativa de ficar na primeira colocação do Grupo A, mas teve dificuldade de mostrar esse favoritismo na partida de estreia. Os uruguaios enfrentaram a Seleção Egípcia sem o astro Salah e nesse jogo, foram muito mal, produzindo pouco ofensivamente. Apesar disso, contaram com o gol de Giménez nos minutos finais para somar os três pontos.

WhatsApp Image 2018-06-29 at 21.28.50
Foto: Divulgação/FIFA

Na segunda partida, o Uruguai teve o adversário considerado como o mais frágil do grupo. Contra a Arábia Saudita, nova atuação ruim da maior parte dos jogadores e vitória simples por 1 a 0, com gol do artilheiro Luis Suárez, que também perdeu muitas chances, assim como no primeiro jogo. Ficou novamente a sensação de que poderiam render mais.

Até então, Godín e Giménez formavam a defesa que era o ponto mais forte da equipe, sem sofrer gols. Pela frente, teriam o principal desafio: a anfitriã Rússia. Estranhamente, esse foi o jogo que a Celeste teve menos dificuldade para conquistar a vitória. Suárez e Cheryshev contra, marcaram no primeiro tempo e Cavani fechou o placar no minuto final de jogo.

Nota do time: 7
Principal jogador: Giménez
Decepção: Arrascaeta

Portugal

Logo de cara, Cristiano Ronaldo e companhia fizeram o melhor jogo da primeira fase da Copa do Mundo. No jogo contra a Espanha, os portugueses tiveram como trunfo, a atuação histórica de seu principal jogador, que marcou três gols, um deles foi um golaço de falta, para empatar em 3 a 3 o jogo. A atuação foi ainda mais importante porque o resto do time foi bem mal, principalmente na parte defensiva.

Em seguida, um confronto que parecia ser fácil, mas que logo se tornou complicado. Cristiano Ronaldo novamente fez um gol para abrir o placar, mas depois disso, só deu Marrocos. Foram incríveis 15 chutes dos marroquinos, sendo 11 desses dentro da área. Apesar dessa estatística, Portugal saiu com uma vitória importantíssima para sua futura classificação.

1SHO9659
Foto: Divulgação/FPF

O último jogo se tornou um confronto direto, pelo fato do Irã ter vencido o Marrocos na primeira rodada. Jogando pelo empate, Portugal encontrou pela frente uma defesa bem postada e um time, que apesar da falta de qualidade ofensiva, conseguia sair bem nos contra-ataques. Quaresma fez o gol do aparente alívio, mas ao final, um pênalti convertido pelo Irã, deu um tom de dramaticidade ao jogo. Logo depois, os iranianos ainda tiveram uma chance clara, mas desperdiçaram. Com o empate, Portugal conseguiu a segunda colocação.

Nota do time: 6
Principal jogador: Cristiano Ronaldo
Decepção: Gonçalo Guedes

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.