Com restrospecto favorável, Brasil enfrenta México por vaga nas quartas de final

Seleção Brasileira entra em campo nesta segunda-feira, às 11h (horário de Brasília) para enfrentar o México, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

Favorito no confronto, o Brasil terá pela frente uma seleção que bateu a Alemanha na fase de grupos do torneio e chega com a confiança em alta. No histórico de confrontos em Mundiais, o México nunca fez um gol na Seleção.

SELEÇÃO BRASILEIRA

cbf-costas1 

Após terminar em primeiro no grupo E, com 2 vitórias e 1 empate a equipe de Tite vem confiante para o duelo contra o México. O time da América do Norte vem um pouco desmoralizado após derrota por 3 a 0 para a Suécia na última rodada da primeira fase, enquanto o time brasileiro está crescendo.

Na entrevista coletiva que antecede as oitavas de final da Copa do Mundo contra o México, Tite ainda festejou a atuação de Neymar no encerramento da primeira fase, a vitória sobre a Sérvia. Para ele, o desempenho do atacante corroborou a evolução demonstrada por números e estatísticas colhidas pela comissão técnica.

“Jogou muito, jogou demais. Ele sabe e nós sabemos o preço que ele pagou para retomar esse nível. Ele retomou seu nível máximo, com técnica, função tática, baixou para ajudar marcação, transição com bolas, precisão de finalização e finta pessoal. Amanhã eu não sei, mas ele retomou o alto nível”, elogiou o treinador.

Tite também explicou as escalações de Fagner e Filipe Luís nas laterais da seleção brasileira. O primeiro será mantido mesmo com a recuperação de Danilo, livre da lesão na região do quadril, e o segundo ocupará o lugar de Marcelo, que, após ter um espasmo na coluna, não conseguiu treinar o suficiente para convencer a comissão técnica a colocá-lo numa partida decisiva.

” Fagner tem enfrentamento, é uma de suas características, o um contra um dele é de qualidade. Falei para o Danilo antes do treino de hoje que ele vinha jogando bem, ficou dois jogos fora e o Fagner permanece pelo alto nível de desempenho em dois jogos decisivos”, completou ele.

O treinador evitou ampliar o “rodízio” da braçadeira e o capitão do Brasil contra o México será Thiago Silva, que já havia usado a faixa na segunda partida, diante da Costa Rica

México 

O México enfrenta um contratempo antes da partida contra o Brasil. Segundo o jornal mexicano El Universal, uma epidemia de gripe atingiu a comissão técnica e alguns jogadores.

O técnico colombiano Juan Carlos Osorio rasgou elogios ao futebol brasileiro e considerou a seleção de Tite a melhor do mundo, mas garantiu que sua equipe não ficará na defesa

Possíveis escalações

Brasil: Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Casemiro; Paulinho, Philippe Coutinho, Willian e Neymar; Gabriel Jesus.

México Ochoa; Álvarez, Salcedo, Hector Moreno e Gallardo (Fabián); Guardado (Jesús Corona) e Hector Herrera; Layún (Oribe Peralta), Carlos Vela e Lozano; Chicharito Hernández…. – Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/copa-do-mundo/2018/noticias/2018/06/27/mexico-x-suecia.htm?cmpid=copiaecola

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.