Em jogo equilibrado, gol de Umtiti garante triunfo da França contra Bélgica e vaga na final

Foto destacada: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images

França e Bélgica se enfrentaram nesta terça-feira (10) pelas semifinais da Copa do Mundo de 2018. Uma ótima partida de Mbappé e o gol de Umtiti ajudaram a França a vencer a partida por 1 a 0, e a garantir a vaga na finalíssima mundial.

Em termos gerais, a partida foi muito movimentada, com a França apostando bastante em seu forte jogo de transição, com a versatilidade seu meio-campo e com a velocidade e inteligência de Griezmann e de Mbappé. O atacante Giroud destoou do restante da equipe, muitas vezes concluindo mal ou nem concluindo as jogadas criadas pelo restante da equipe. A dupla de zaga, Varane e Umtiti também merece menções honrosas por segurar Hazard, e principalmente Lukaku.

A equipe belga foi obrigada a propor o jogo, saindo assim do estilo de jogo que eliminou o Brasil nas oitavas de final. Com a entrada de Dembelé no onze inicial, devido à suspensão de Meunier, Chadli foi deslocado para o lado direito, e Fellaini começou a fazer a parte esquerda. A seleção belga defendia em um 4-2-3-1 e atacou durante todo o jogo em um 3-6-1. A formação de ataque de Roberto Martínez só mudou nos minutos finais, onde Fellaini (depois Batshuayi) passou a fazer uma dupla dentro da área com Lukaku.

Apesar do bom início de jogo, onde foi pra cima dos franceses, a seleção da Bélgica perdeu o controle emocional e físico a partir do gol sofrido logo no início do segundo tempo.

Bélgica começa melhor, mas França tem melhor postura

Mesmo sem gols, o primeiro tempo foi um excelente jogo de futebol. A Bélgica dominou a primeira metade chegando a ameaçar o goleiro Lloris várias vezes. O ponta-esquerda Hazard, foi responsável por protagonizar os primeiros lances de perigo do jogo. Por duas vezes o belga pegou a bola e procurou a linha de fundo, passando de Pavard e cruzando rasteiro para o centro da área. Lukaku sempre esperava para empurrar para o gol, mas Umtiti afastou a bola as duas vezes.

A França respondeu em um contra-ataque, onde Pogba enfiou para Mbappé chegar na cara de Courtois. O goleiro belga saiu rápido do gol e evitou a hipótese de Mbappé conseguir finalizar. Empolgados com o bom início de jogo, a Bélgica reagiu rápido com Hazard em boa jogada pela linha de fundo e finalização cruzada. A bola passou raspando no gol de Lloris. Dois minutos depois a França chegou novamente, desta vez em uma bomba de fora da área de Blaise Matuidi, que exigiu uma boa defesa de Courtois.

O melhor momento da Bélgica no jogo aconteceu quando Alderweireld, após uma confusão dentro da área, aproveitou a sobra, girou e finalizou, exigindo uma difícil defesa de Hugo Lloris. A partir daí, apenas uma chance clara de gol apareceu na primeira etapa. As duas equipes ficaram tensas, e se estudando, coisa que não aconteceu no início do jogo. A última chance clara de gol do primeiro tempo, foi com Pavard. Mbappé fez ótima jogada e passou para o lateral direito francês que finalizou forte no canto de Courtois, porém o goleiro conseguiu defender com a ponta dos pés, cedendo o escanteio.

Gol francês desequilibra a Bélgica

O segundo tempo começou em um ritmo muito mais baixo, as duas equipes estavam devagar e pouco ousavam. A responsável pela volta de um alto rimo na partida foi a bola parada. Após escanteio, Umtiti desviou na primeira trave e abriu o placar em São Petesburgo.

Aos 11 minutos do segundo tempo, Mbappé deu um passe de calcanhar sensacional para Giroud, o atacante não conseguiu concluir. O lance de Mbappé foi sem dúvida alguma um dos mais bonitos da Copa.

O restante da segunda etapa foi recheado de emoção e de tensão, mas de pouca efetividade ofensiva. A Bélgica muito tentou, principalmente em bolas alçadas à área para Lukaku e Fellaini tentarem o cabeceio, mas não conseguiu ameaçar Lloris uma vez sequer. Por outro lado, a França tinha o contra-ataque à disposição, mas pouco aproveitava. A única conclusão à gol feita pela Bélgica na metade final do segundo tempo, foi em belo chute de fora da área feito por Witsel. Lloris espalmou.

No último lance do jogo, a chance para matar a partida. Tolisso recebeu de Pogba e na cara de Courtois finalizou na diagonal, e o goleiro belga desviou para escanteio. No escanteio, Pogba segurou a bola, e segurou também a vaga francesa. França na final da Copa do Mundo de 2018.

995573450
Com sua velocidade e sua habilidade, Mbappé impressiona no mundial da Russia (Foto: Robert Cianflone – FIFA/FIFA via Getty Images)

Os franceses agora esperam o vencedor do duelo entre Inglaterra e Croácia, para descobrir contra quem vai disputar seu bicampeonato. Já a Bélgica enfrentará o perdedor, na disputa de 3º lugar. A final será disputada no Estádio Luzhniki, em Moscou, no próximo domingo (15) ao meio-dia. Já a disputa de 3º lugar, vai ser em São Petesburgo no sábado (14) às 11h00 (horário de Brasília).

Anúncios

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.