ARJ vence em Tarumã pelo Brasileiro de Endurance

Foram três horas de corrida de muitas ultrapassagens, boas disputas e troca de posições da largada até a quadriculada, onde 28 carros alinharam no grid da terceira etapa da Endurance Brasil, neste sábado de sol e muito frio no Autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul. Pole nas duas primeiras etapas da temporada o AJR #88 sempre se credenciava a vitória e dessa vez ela veio, com o trio formado porCarlos Kray, David Muffato e Julio Campos.

O primeiro stint da corrida foi dominado pelo pole position o AJR #65 de Nilson e José Ribeiro, mas com uma intervenção do safety car as posições foram mudando e os GT3 acabaram revezando a liderança da prova, onde tanto a Mercedes AMG GT3 #09, de Xandy e Xandinho Negrão, quanto a Lamborghini Huracán #19, dos líderes do campeonato Daniel Serra e Chico Longo, ocuparam a primeira posição e promoveram momentos de muita emoção durante toda a prova. O AJR #65 finalizou a etapa com uma sólida sexta colocação, com apenas duas corridas.

Correndo por fora o AJR #88 vinha fazendo uma ótima prova com regularidade nos primeiros stints, tanto de Kray, quanto de Muffato e já dava indícios que seria uma grande ameaça no final da prova e foi o que aconteceu. O estreante Julio Campos assumiu o comando do carro emplacou as melhores voltas e deu uma volta no segundo colocado, a Mercedes AMG GT3 #09, para conquistar a segunda vitória do modelo criado por Juliano Moro e fabricado pela Metalmoro.

“Estou muito feliz. Achei a categoria sensacional. Sou amigo do Juliano (Moro) da vida inteira e acompanhei desde o início o desenvolvimento do protótipo e todo o esforço dele para que o carro fique cada vez mais competitivo. Foi uma grande vitória, fui convidado para correr essa e espero correr a temporada toda agora. O Kray e o Muffato, que são os titulares do carro, com o Vicente Orige, estão de parabéns. Hoje tudo deu certo”, destacou Campos.

A segunda colocação foi da Mercedes AMG GT3 #09, de Xandy e Xandinho Negrão, que conquistou a vitória na GT3 seguidos pelos líderes do campeonato, Chico Longo e Daniel Serra com a Lamborghini Huracán #19, com o quarto lugar da dupla do Porsche 911 GT3 #70, de Miguel Paludo e Ricardo Mauricio, e a quinta posição do MCR Lambo #18 de Cláudio Ricci, Fernando Poeta e Humberto Giacomello.

Na categoria P2, a primeira posição foi do Tubarão #32 de Paulo Sousa e Mauro Kern. Na classe P3, o topo do pódio ficou com o MRX #43 dos “Gustavos” Tomazini e Frey. Na GT4, a dupla Henry Visconde e Marcio Basso conquistou mais uma vitória com o Audi RS3 #64.

A próxima etapa do Endurance Brasil acontece no dia 1º de setembro, no Autódromo do Velocittà.

FINAL Corrida – Endurance

1º) 88 – C.Kray/D.Muffato/J.Campos (AJR, P1), 151 voltas em 3:00:36.990

2º)   9 – Xandy Negrão/Xandinho Negrão (MercedesAMG , GT3), a 1 volta
3º) 19 – Chico Longo/Daniel Serra (Lamborghini , GT3), a 1 volta
4º) 70 – Miguel Paludo/Ricardo Mauricio (Porsche 911 , GT3), a 3 voltas
5º) 18 – C.Ricci/F.Poeta/H.Giacomello (MCR Lambo , P1), a 5 voltas
6º) 65 – Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro (AJR , P1), a 6 voltas
7º) 155 – Peter Ferter/Ricardo Mendes (Ferrari , GT3), a 9 voltas
8º)   5 – Tiel Andrade/Julio Martini (Tubarao , P1), a 12 voltas
9º) 35 – Jair Bana/Duda Bana (Predador , P1), a 12 voltas
10º) 32 – Paulo Sousa/Mauro Kern (MC Tubarao , P2), a 12 voltas
11º) 43 – Gustavo Tomazini/Gustavo Frey (MRX , P3), a 13 voltas
12º) 75 – H.Assuncao/F.Fortes/E.Padron (MRX , P2), a 13 voltas
13º) 56 – Gustavo Simon/Rafael Simon (MRX , P3), a 16 voltas
14º) 226 – Sergio Cardoso/Luciano Borghesi (Spyder , P3), a 21 voltas
15º) 89 – Renato Stumpf/Matheus Stumpf (Radical SR3 , P2), a 21 voltas
16º) 64 – Henry Visconde/Marcio Basso (Audi RS3 , GT4), a 23 voltas
17º) 96 – Alejandro Cignetti (MRX , P3), a 25 voltas
18º) 63 – Sergio Ribas/Guilherme Ribas (Mercedes , GT4), a 25 voltas
19º) 25 – Ney Faustini/Ney Desá Faustini (Geebee R1 , P1), a 30 voltas
20º) 80 – Alexandre Finardi (MRX , P1), a 83 voltas
21º) 44 – João Cardoso/Rubens Ghisleni (MRX , P2), a 88 voltas
22º) 37 – Stuart Turvey/Thiago Riberi (Scorpion , P1), a 88 voltas
23º) 117 – H.Assuncao/E.Padron/F.Fortes (AJR , P1), a 93 voltas
24º) 72 – Carlos Antunes/Yuri Antunes (MRX , P2), a 100 voltas
25º) 71 – Ian Ely/Daniel Claudino (MRX , P1), a 108 voltas
26º)   7 – Aldoir Sette (MRX , P2), a 121 voltas
27º)   3 – Cali Crestani/Fernando Stedille (Tornado , P2), a 136 voltas
28º) 10 – P.Ventura/T.Tecchio/C.Almeida (Mercedes , GT4), a 150 voltas

Melhor Volta: C.Kray/D.Muffato/J.Campos, 58.999 (185.4 km/h)

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.