Pedro brilha novamente e Fluminense bate Sport na Ilha do Retiro

Atacante marcou os dois gols da vitória tricolor em pleno território adversário

 

O Sport reencontrou sua torcida após a volta da Copa do Mundo neste domingo (22), no duelo contra o Fluminense realizado na Ilha do Retiro, válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo que também marcou a estreia da nova pintura das arquibancadas da Ilha não teve um bom desfecho para os donos da casa, que saíram derrotados pelo placar de 2×1.

Com o resultado, os leoninos caíram uma posição, ocupando agora o décimo lugar e permanecendo estacionados na marca dos 19 pontos, após sofrer duas derrotas seguidas. E para reverter a situação, os pernambucanos terão pela frente dois jogos fora de casa, contra o Vitória às 19:30 da próxima quinta-feira (26) e Flamengo, às 16h do próximo domingo (29).

Já o Fluminense, que veio de um empate fora de casa conquistado nos minutos finais, voltou a marcar na reta final da partida para conquistar a vitória e subir para o décimo primeiro lugar, chegando aos 18 pontos. Para emplacar uma boa sequência, os cariocas terão o Palmeiras no Maracanã às 19:30 da próxima quarta (25) e em seguida saem para enfrentar o Ceará no sábado (28), às 16h.

Flu sai na frente, mas Leão empata em seguida

Mandante e visando se recuperar de uma indigesta derrota para o lanterna Ceará, o Sport entrou em campo precisando da vitória, e para isso o técnico Claudinei de Oliveira promoveu, além do retorno do volante Deivid, suspenso na última rodada, a saída do meia Marlone, que, mal nos últimos jogos, ficou no banco enquanto Michel Bastos, Gabriel, Rogério e Rafael Marques compuseram o setor ofensivo. Porém, a equipe leonina sentiu bastante a falta de poder de criação, não conseguindo produzir jogadas de perigo e sofrendo o gol no primeiro ataque tricolor, após Pedro receber cruzamento de Léo e mandar para o gol, abrindo o placar.

Após sair atrás, os Rubro-negros não demonstraram sentir o gol e responderam logo dois minutos depois, quando Rafael Marques aproveitou bate-rebate na área e finalizou para defesa de Júlio César, que não conseguiu evitar o empate no rebote aproveitado por Gabriel, deixando tudo igual. Após os dois gols em três minutos, o confronto esfriou, com pouquíssima inspiração dos dois lados, muitas faltas e poucas chances de gol criadas.

Na dificuldade de penetrar na boa marcação do Fluminense, os pernambucanos assustaram na bola parada de Michel Bastos, primeiro aos 27 minutos, quando o meia cobrou escanteio na cabeça de Fellipe Bastos, vencido por Júlio César, que realizou ótima defesa, e aos 44, em nova cobrança de escanteio, parando desta vez no travessão. Os cariocas não voltaram a assustar, tendo optado por uma postura mais contida, priorizando a marcação.

sport 1x2 flu.PNG
Foto: Lucas Mercon / Fluminense Football Club

Em jogo morno, Ronaldo Alves falha e Pedro decide

Para a etapa final, a equipe de Marcelo Oliveira, seguiu conseguindo se defender bem, contando com a ajuda da tarde nada feliz do setor ofensivo dos donos da casa. Na tentativa de mudar a postura de seus comandados, Claudinei Oliveira sacou Rogério e colocou Carlos Henrique, ganhando mais presença de área, mas seguindo sem competência para criar situações de perigo.

Diante da falta de criatividade do Leão, o Flu se soltou e, montada num 4-3-3, passou a levar mais perigo ao gol de Magrão, com duas tentativas de Pedro em chutes colocados, o primeiro indo para fora e o segundo parando no experiente goleiro. Aos 20, o Sport finalmente teve um homem de criação em campo com a entrada de Marlone no lugar de Fellipe Bastos, mas continuou tendo dificuldades de chegar no último terço do campo, se limitando a duas tentativas de longe que sequer levaram perigo à meta do Tricolor.

Mais tarde, aos 32, Claudinei tirou Rafael Marques e colocou Andrigo, mas apesar de ter se movimentado, o meia também não conseguiu fazer com que a equipe recifense vencesse a aplicada marcação do Flu. Se na frente faltava inspiração ao ataque, atrás faltou atenção ao zagueiro Ronaldo Alves, que aos 39 falhou, perdeu a bola para Everaldo iniciar jogada que culminou em cruzamento rasteiro de Júnior Dutra na linha de fundo e golaço de letra de Pedro, sendo mais uma vez decisivo para o resultado no final do jogo. Os Rubro-negros chegaram a assustar logo em seguida, mas não tiveram forças para evitar a primeira derrota em casa no Brasileirão.

sport 1x2 flu 2.PNG
Foto: Lucas Mercon / Fluminense Football Club
Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.