Fluminense não suporta pressão do Bahia e empata no Maracanã

Faltou pouco para o Fluminense comemorar a vitória no confronto diante do Bahia, que terminou em 1 a 1 na noite deste domingo, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. Os donos da casa abriram o placar no primeiro tempo, mas a incessante pressão baiana arrancou o empate perto dos acréscimos. Com o resultado, a equipe carioca fica na nona posição, a cinco pontos do G-4. Por outro lado, o tricolor baiano fez suficiente para escapar do Z-4 e assumiu o 16º lugar.

Pedro aparece mais uma vez

Com maior posse por parte dos baianos, o início da partida indicou como seria o resto do duelo. A boa troca de passes para chegar na área adversária deu aos visitantes as melhores oportunidades para abrir o placar. Porém, não pode dar espaço ao goleador do Brasileirão. Matheus Alessandro arrancou no lado esquerdo, ganhou no ‘pé de ferro’ contra a marcação e tocou para Pedro. Fora da área, o atacante tricolor dominou no pé direito e marcou um golaço, justificando porque é artilheiro da competição. O gol não abalou o tricolor baiano, que seguiu superior no restante da primeira etapa. Aos 27, Zé Rafael teve a chance de igualar o marcador, após chute rasteiro na entrada da área, mas Júlio César defendeu com segurança.

30001818898_5e88d411c4_z
Pedrou garantiu seu décimo gol no Campeonato Brasileiro. Foto: Mailson Santana/ Fluminense FC

Flu não impediu pressão baiana

Assim como foi no primeiro tempo, o Bahia continuou com o desperdício de chances de gol. Aos 19, Zé Rafael esteve novamente a frente de Júlio César, mas não soube aproveitar outra vez. Cinco minutos depois, Gilberto recebeu na pequena área, mas demorou a chutar. Digão aproveitou o vacilo do atacante e chegou a tempo de travar. O Fluminense quase ampliou com Matheus Alessandro, servido por Pedro dentro da grande área, mas chutou longe da meta.

Os espaços oferecidos pela equipe de Marcelo Oliveira seguiram abertos, e os baianos confiavam no empate. Aos 36, Élber construiu jogada no lado direito e cruzou em direção de Edigar Júnior. O centroavante, que estava em posição irregular, completou de cabeça para arrancar um ponto no Maracanã, que tirou o time da zona de descenso.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.