Visando manter liderança do Brasileirão, São Paulo visita o Sport na Ilha do Retiro

Foto destacada: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O fim do primeiro turno do Brasileirão da Série A se aproxima, e o líder São Paulo, buscando defender a primeira colocação do campeonato, visita o time do Sport nesse domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, localizado na capital pernambucana. Os comandados de Diego Aguirre lideram com 35 pontos, acompanhados de perto pelo Flamengo, enquanto o Leão tem 20 e está na 12ª posição.

O último encontro entre as duas equipes aconteceu no dia 1º de outubro de 2017, no Estádio do Morumbi, pelo Brasileirão do mesmo ano, quando o tricolor paulista venceu o time pernambucano por 1 a 0, com gol marcado por Marcos Guilherme, em partida que ficou marcada pelas grandes defesas de Sidão nos minutos finais de jogo. No histórico do confronto, os paulistas levam vantagem: em 39 duelos pelo Campeonato Brasileiro, foram 22 vitórias são-paulinas, oito do Sport e nove empates.

Com apenas um ponto pós-Copa, Sport quer resgatar força da Ilha

Foram cinco partidas depois da parada para o Mundial da Rússia, ou seja, 15 pontos disputados, mas somente um conquistado, na última rodada, quando alcançou empate nos últimos minutos contra a Chapecoense, em Recife. O Sport foi derrotado por Ceará, Fluminense, Vitória e Flamengo.

O técnico Claudinei Oliveira já terá a sua disposição o atacante Morato, recém-chegado do próprio São Paulo em negociação pelo meia Everton Felipe e regularizado no BID. Já Rogério, também ex-São Paulo, está recuperado de lesão na coxa esquerda, foi testado no time titular, agradou ao treinador e deve começar o jogo no onze inicial.

Mesmo tendo só dois gols na temporada, em 22 partidas disputadas, Rogério foi elogiado pelo comandante Claudinei: “Futebol tem uma coisa que eu aprendi trabalhando e convivendo. Quem não joga é sempre melhor de quem joga, né? Quem tá fora não está sendo avaliado. Às vezes, quem está de fora é a solução. Você coloca e talvez ele não te ajude. Rogério estava no campo nos melhores momentos do Sport na Série A, como na vitória sobre o Palmeiras, que ele entrou no jogo e participou da virada. Eu sei que o torcedor pode ter alguma restrição, mas ele termina a jogada, dá profundidade. Do que eu peço, ele é o que mais me dá”.

Provável escalação: Magrão; Cláudio Winck, Ronaldo Alves, Ernando, Sander; Deivid, Fellipe Bastos, Gabriel; Rogério, Rafael Marques, Carlos Henrique.

Após poucas chances no Morumbi, Morato chega a Ilha e já está liberado para atuar (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Melhor visitante do campeonato quer pontuar novamente longe de casa

Para manter a liderança e quem sabe começar a ter uma vantagem na frente, o tricolor do Morumbi precisa pontuar e prioritariamente vencer, se mantendo como melhor equipe que atua longe dos seus domínios. Após o retorno do período da Copa do Mundo, o São Paulo venceu Flamengo e Cruzeiro fora do Morumbi.

Para o duelo em Recife, Aguirre relacionou vinte jogadores e o recém-contratado e apresentado Everton Felipe, ex-Sport, já está a disposição do comandante uruguaio e pode fazer a estreia com a camisa tricolor diante do seu ex-clube. Lucas Fernandes e Gonzalo Carneiro, que vinham sendo relacionados com frequência, estão de fora por uma indisposição digestiva e por dores musculares, respectivamente, enquanto Rodrigo Caio e Régis continuam sem condições de jogo.

Visando o Sport, o treinador são-paulino focou seus últimos treinamentos antes da partida em jogadas de bola parada. Aguirre deu prioridade a cobranças de faltas e escanteios na direção da área, trabalhando assim posicionamentos ofensivos e defensivos. A grande dúvida na equipe é no meio de campo, se Liziero ou Jucilei que vai começar como titular, pois o camisa 8 já está totalmente da lesão sofrida diante do Flamengo.

A defesa tricolor é um dos pontos mais fortes da equipe e os zagueiros da equipe vem tendo grande temporada e mostrando importante união, foi o que comentou o equatoriano Arboleda: “Isso é o que a gente fala com o professor. Quando um está suspenso, machucado ou cansado, o jogador que entra está igual. Isso é muito importante. Ninguém acredita nisso, é difícil, porque um zagueiro sai entra outro e é o mesmo. Acho que o nível de zagueiros do São Paulo é importante para a confiança que o professor quer”.

Provável escalação: Sidão; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins, Reinaldo; Hudson, Liziero (Jucilei), Nenê; Rojas, Everton, Diego Souza.

Everton Felipe pode estrear contra seu ex-clube (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)
Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.