Com casa cheia, Cruzeiro recebe o Santos pela Copa do Brasil

Nesta quarta-feira (15), Cruzeiro e Santos se enfrentam pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, às 19h30, no Mineirão. Na partida de ida, disputada na Vila Belmiro, em 1º de agosto, a Raposa venceu por 1 a 0. O gol foi marcado pelo atacante Raniel. O vencedor deste confronto enfrenta Palmeiras ou Bahia nas semifinais.

Mano Menezes conta com elenco descansado

Na derrota de 1 a 0 para o Flamengo, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, a Raposa poupou praticamente todos seus jogadores titulares. Apenas o volante Henrique começou o duelo. Thiago Neves, De Arrascaeta e Robinho entraram no decorrer do segundo tempo, mas não conseguiram evitar o revés. Com isso, o treinador Mano Menezes mandará à campo o que tem de melhor para a partida contra o Alvinegro Praiano.

A torcida cruzeirense está empolgada para o confronto. Mais de 42 mil torcedores já garantiram presença. Será feriado em Belo Horizonte, em celebração ao dia de Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira da cidade.

O histórico celeste na competição mostra que ganhar o jogo de ida como visitante sempre traz boas lembranças. Foram 13 mata-matas com vitórias fora de casa no primeiro confronto. Em todos, o Cruzeiro garantiu a classificação no segundo duelo, dentro de seus domínios.

Se passar pelo Santos, o Cruzeiro disputará a semifinal da Copa do Brasil pela terceira vez consecutiva, feito até então inédito na história do clube. Em 2016, o Grêmio foi o grande algoz, com vitória no Mineirão, por 2 a 0, e empate na Arena do Grêmio, por 0 a 0. O time celeste deu o troco em 2017: venceu nos pênaltis por 4 a 3, depois de revés em Porto Alegre e vitória em BH pelo mesmo placar: 1 a 0.

Santos busca classificação para amenizar má fase

Do outro lado, o Santos precisa urgentemente da vitória. O jejum do Peixe já dura oito partidas. A vitória mais recente foi antes da Copa do Mundo, no dia 13 de junho, no 1 a 0 sobre o Fluminense no Rio de Janeiro. A diretoria demitiu Jair Ventura e trouxe o experiente técnico Cuca, que até o momento não conseguiu melhor o rendimento da equipe.

Para o duelo, o Peixe contará com desfalques.  O volante uruguaio Carlos Sanchéz se recupera de dores musculares na coxa direita e, por isso, nem viajou com a delegação. Os demais reforços, o meia costarriquenho Bryan Ruiz e o atacante paraguaio Derlis González também ficam de fora. A dupla não está inscrita na Copa do Brasil. Outro desfalque por lesão é o atacante Eduardo Sasha. O atacante Bruno Henrique, reclamou de dores na coxa, após a derrota para o Atlético-MG e será reavaliado. Com estas ausências, a responsabilidade aumenta sobre o jovem Rodrygo e Gabigol.

Histórico entre Cruzeiro e Santos

Em 70 jogos, foram 27 triunfos mineiros, contra 23 dos paulistas, além de 20 empates.

Prováveis escalações:

Cruzeiro: Fábio, Edílson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Thiago Neves, Robinho, Arrascaeta e Barcos. Técnico: Mano Menezes

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo, Dodô, Alison, Diego Pituca e Jean Mota, Bruno Henrique (Copete), Rodrigo e Gabigol. Técnico: Cuca

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.