Renovação de Zaha é vital para as ambições do Crystal Palace

Foto destacada: Reprodução/Twitter

O Crystal Palace anunciou, na quarta-feira, a renovação de contrato do ponta Wilfried Zaha até 2023, principal expoente ofensivo da equipe. Aos 25 anos, ele coleciona 288 aparições vestindo a camisa do time inglês, com 44 gols marcados.

Revelado no próprio clube, o atleta chegou ao Selhurst Park em 2004. Oito anos mais tarde, estreou pelo profissional em um jogo da segunda divisão inglesa e logo ganhou notoriedade. Mostrando muito talento e potencial, Zaha atraiu o interesse de ninguém menos que Sir Alex Ferguson e em janeiro de 2013, foi contratado pelo Manchester United. Antes de se apresentar ao novo time, no entanto, ele concluiu a temporada 2012/13 pela equipe londrina, ajudando-a na campanha que selou a volta à primeira divisão, depois de oito temporadas ausente.

Martin Rickett-PA Wire(Foto: Martin Rickett/PA Wire)

Em Old Trafford, o jovem teve pouquíssimo espaço com o técnico David Moyes, que havia sucedido Ferguson no comando dos Red Devils. Em virtude disso, foi emprestado ao Cardiff em janeiro de 2014, mas não conseguiu livrar o clube do rebaixamento. Tentando retomar o bom futebol, Wilf retornou ao Crystal Palace por empréstimo na temporada seguinte. Utilizado com mais frequência, o atleta fez o bastante para que fosse contratado definitivamente, em fevereiro de 2015.

A partir daí, a importância do jogador para os Eagles aumentou gradativamente. Mesmo com atletas de bom nível técnico no elenco, ele se tornou a principal referência no setor ofensivo. Para se ter uma ideia disso, nas duas últimas edições da Premier League, Zaha teve participação direta em mais de 30% dos gols do Crystal Palace.

Em 2016/17, foram sete gols e 11 assistências (36%). Em 2017/18, foram nove gols e cinco assistências (31%). Nesta, inclusive, foi fundamental na grande reação dos Eagles nas últimas nove rodadas, saltando da 18ª colocação (primeira dentro da zona de rebaixamento) para terminar em 11º. Foram cinco vitórias, dois empates e duas derrotas no período, com 18 gols marcados. Atuando centralizado no ataque, Wilf teve participação direta em quase metade deles (cinco gols e três assistências), um percentual de 44%.

Para reforçar mais essa relevância, outro dado interessante. O Crystal Palace não vence um jogo pelo campeonato nacional sem o atleta em campo desde setembro de 2016. Além disso, na estreia da edição 2018/19, no último sábado, ele igualou o recorde do atacante Chris Armstrong como o jogador que mais balançou as redes pelo clube na história da Premier League, com 23 gols.

Diante de tudo isso, nota-se a dimensão de Zaha para o time. Com um contrato mais longo e melhor financeiramente, o Crystal Palace não só se protege contra o assédio de outras equipes quanto segura o atleta com maior poder de desequilíbrio no elenco. Porque disso ele já mostrou que é capaz.

PA Wire-PA Images(Foto: PA Wire/PA Images)

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.