Chapecoense recebe Atlético-PR em confronto direto contra rebaixamento

Foto: Divulgação/Chapecoense

Ao fim do primeiro turno, dá para avaliar quem brigará pelo que no Campeonato Brasileiro. No caso de Chapecoense e Atlético-PR, que se enfrentam nesta quarta-feira (22), às 19h30, na Arena Condá, não é diferente. Separadas por apenas três pontos, as duas equipes fazem um confronto direto para não ficarem na zona de rebaixamento. A partida é válida pela 20ª rodada da competição.

Chapecoense vive pressão

Dentro do que foi possível, a Chapecoense fez um bom jogo na última rodada contra o líder São Paulo. Mesmo assim, passa pela pressão de ter vencido apenas uma partida nos últimos cinco jogos. Essa sequência ruim fez o time ficar mais perto da zona de rebaixamento, só dois pontos à frente do Vitória, primeira equipe dentro do Z-4. Uma derrota da Chape, inclusive, fará com que o Atlético-PR a ultrapasse na classificação.

Como se não bastasse a pressão por uma vitória, a Chape tem que encarar o clima ruim que vive a cidade, com temperatura baixa e chuvas fortes. Isso não foi empecilho para que Guto Ferreira trabalhasse seu time no gramado da Arena Condá, com um treino tático, além de posicionamento, tanto ofensivo, como defensivo, nas bolas paradas.

WhatsApp_Image_2018-08-21_at_5.44_.10_PM_
Elenco da Chape trabalhou sob forte chuva (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

“Nós já vivemos isso aqui em Chapecó em outras oportunidades. O clima não ajudou e não temos muito o que fazer a respeito. Não adianta ficar reclamando, temos que trabalhar e concentrar as forças neste jogo muito importante para gente”, afirmou o técnico Guto Ferreira, após a única atividade que conseguiu comandar para o jogo.

Furacão sofre com condições climáticas

Não há dúvidas que desde que Tiago Nunes assumiu a equipe profissional do Atlético-PR, o time melhorou o seu desempenho. Isso não é só visto no futebol jogado, mas também nos resultados; classificação sem sustos na Copa Sul-americana, e quatro jogos sem derrotas no Campeonato Brasileiro. O último deles, inclusive, foi contra o Flamengo, time postulante ao título nacional, por 3 a 0.

Apesar de contar com força máxima, o Furacão sofreu com um problema de logística. Devido ao mau tempo, o avião que levava a equipe não pôde pousar na cidade de Chapecó, na tarde desta terça-feira (21). Com isso, o voo ficou remarcado para a manhã de quarta (22). Mesmo assim, Tiago Nunes conseguiu comandar dois treinos e já confirmou que escalará a mesma equipe que venceu o rubro-negro.

“A equipe tem demonstrado um jogo coletivo muito forte, sofrendo poucos gols. Essa solidez dá confiança para ter boas atuações”, enfatizou Nunes.

Escalação

Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Canteros e Diego Torres; Wellington Paulista e Bruno Silva. Técnico: Guto Ferreira.

Atlético-PR: Santos; Jonathan, José Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Lucho González; Marcinho, Raphael Veiga e Nikão; Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.