Com apoio da torcida, Santa Cruz embarca para Curitiba em busca do acesso diante do Operário-PR

A torcida coral compareceu em massa para apoiar a delegação antes de encarar o Operário-PR, no próximo domingo

Torcida faz a festa e incentiva jogadores no embarque para a decisão de domingo. (FOTO: Divulgação / Santa Cruz Futebol Clube)

A diretoria coral fez mais uma convocação durante a semana e a torcida, mais uma vez, não decepcionou. Em grande número, os torcedores do Santa Cruz compareceram ao Aeroporto Internacional dos Guararapes, no início da tarde desta sexta-feira (24), para dar um último incentivo antes da decisão do próximo domingo, onde o Tricolor enfrentará o Operário-PR, pelo jogo de volta das quartas de final da Série C, jogo que pode sacramentar o acesso tricolor à Série B.

Em bom número, torcedores do Santa Cruz incentivam os jogadores antes do embarque. (FOTO: Divulgação / Santa Cruz Futebol Clube)

Recebidos no saguão do aeroporto aos gritos de “Vamos subir tricolor”, a delegação coral agradeceu o apoio da torcida. O atacante Pipico, artilheiro do Santa Cruz na competição com 6 gols, foi um dos mais tietados pela massa tricolor e animado, retribuiu o carinho recebido. “Estamos focados na partida e vai ser um grande jogo. Tenha certeza que quando vejo essa torcida, como agora, a vontade que dar é passar para a Série B e dar de presente o acesso para todos eles”, disse Pipico.

Pela manhã, o técnico Roberto Fernandes comandou o último treino dos tricolores em solo pernambucano e também apareceu na sala de entrevistas. O comandante falou sobre a partida diante do Fantasma – como é conhecido o alvo-negro de Ponta Grossa-PR – e mostrou estar de olhos bem abertos quanto ao time paranaense. “O Operário fez uma Série C melhor que o Santa Cruz. Foi um mandante muito mais efeito que o Santa. Se formos para lá só se defender, uma hora a casa cai. E se for para lá jogar de peito aberto, também tem um risco grande de quebrar a cara. Muitas vezes se fala em nomes, mas o Operário tem uma forma de jogar definida. Inclusive, pode surgir uma mudança que muita gente da imprensa sequer cogita”, alertou.

Roberto Fernandes alerta jogo duro diante do Operário-PR, mas garante que a equipe não irá só para se defender. (FOTO: Divulgação / Santa Cruz Futebol Clube)

Roberto também se mostrou muito preocupado com o “extra-campo” antes da partida. “Toda atmosfera envolvida interfere. Se você tem um jogo às 15h e não dorme durante a madrugada, você vai acordar com uma ressaca. Todas as precauções estão sendo feitas. É uma decisão, mas o horário é muito cedo. Interfere em toda logística. O almoço por exemplo é às 11 da manhã. Tem jogador que nem desce para o café da manhã, prefere acordar depois”, afirmou.

O Santa Cruz fará o último treino visando a partida de domingo, no Estádio Germano Krüger, às 15h, contra o Operário-PR, em Curitiba, onde ficará hospedado até seguir para Ponta Grossa-PR, a 130 km de distância.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.