Enfaixado, Diego Souza marca e São Paulo vence o Bahia por 1 a 0, no Morumbi

Com a vitória, o Tricolor paulista volto a ficar na liderança e vai torcer por um tropeço do Inter para se manter na ponta da tabela

Diego Souza decide e São Paulo vence o Bahia no Morumbi. (FOTO: Divulgação / São Paulo Futebol Clube)

O São Paulo sofreu diante forte marcação do Bahia, mas conseguiu furar o bloqueio dos baianos e venceu por 1 a 0, sábado, às 19h, no Morumbi. Diego Souza e Nenê foram os grandes destaques da partida. O primeiro, marcou o gol que deixou o Tricolor de volta na liderança da Série A, que para se manter, vai ter que secar o Internacional. Já o Tricolor de aço, segue estacionado no meio da tabela.

PRIMEIRO TEMPO: BAHIA SEGURA ÍMPETO SÃO-PAULINO

O Bahia travou o São Paulo no Morumbi e impediu que os Tricolores abrissem o placar. Com o sistema defensivo bem compactado na defesa e fazendo boa marcação, a equipe de Ederson Moreira diminuiu os espaços do São Paulo. Ainda poder contar com Everton, lesionado, o Tricolor paulista teve muita dificuldade para levar a melhor sobre os baianos. Everton Felipe e Rojas não conseguiram criar tanto, facilitando a vida dos visitantes. Em jogadas individuais, Nenê até tentou mas errou os chutes que arrematou. A única chance clara de gol surgiu só aos 36 minutos. Diego Souza dominou no peito, de costas para o gol, no meio de dois marcadores e girou soltando uma bomba muito perto do ângulo esquerdo do goleiro Douglas.

SEGUNDO TEMPO: NENÊ E DIEGO SOUZA TRIUNFAM

Um poço melhor na volta do intervalo, o São Paulo cresceu na etapa final. A dificuldade na criação fez Diego Aguirre mexer na equipe. Tréllez e Liziero entraram no lugar de Everton Felipe e Régis, com Hudson passando para a lateral direita. O gol saiu logo aos 14. Nenê cruzou da esquerda e Diego Souza pegou de primeira para acertar o canto direito de Douglas abrindo o placar no Morumbi. O Bahia não teve poder de reação, principalmente pela apagada atuação de Zé Rafael, principal jogador adversário. Com o placar a seu favor, o São Paulo só administrou. Bruno Alves, de cabeça, ainda quase fez o segundo aos 38 para os paulistas.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.