Em jogo emocionante, Atlético-MG vence Atlético-PR, de virada, e assume quinto lugar no Brasileiro

Nesta segunda-feira (10), o Atlético-MG  venceu o Atlético-PR, de virada, por 3 a 1, fechando a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Atlético emenda a segunda vitória seguida na competição, assumindo a quinta posição na tabela, com 41 pontos, superando o Grêmio no número de vitórias. A diferença para o sétimo colocado, o Cruzeiro, primeiro time fora do G-6, o grupo que se classificam para a Libertadores é a mesma para o líder Internacional: oito pontos.

A Raposa, aliás, é o próximo adversário alvinegro no torneio. O clássico será no próximo domingo, às 16h no Mineirão. Já o Atlético-PR recebe o Fluminense, no mesmo dia e horário.

O início de jogo foi bem agitado. O time alvinegro pressionava o xará paranaense no campo de ataque, em busca da abertura do placar. Entretanto, quem chegou ao primeiro gol da partida foi o Atlético-PR. Aos 9 minutos, Rafael Veiga cobrou escanteio e Iago Maidana marcou de cabeça, contra.

Com o apoio da torcida, o Galo não sentiu o golpe e se manteve centrado ofensivamente. No cruzamento de Tomás Andrade, Léo Silva, o maior zagueiro-artilheiro da história do clube, fez seu 33º gol pelo alvinegro, empatando aos 25 min. A partida seguiu em alta intensidade. O goleiro paranaense Santos chegou a fazer uma defesa difícil, mas Victor, não.

Na segunda etapa, Elias entrou no lugar de Matheus Galdezani. O Atlético-MG voltou disperso, desorganizado, tomando pressão e uma bola no travessão de Nikão aos 6 min. As saídas de bolas alvinegras eram um deus nos acuda. Larghi colocou David Terans em campo, em busca de dar um fôlego maior ao ataque mineiro.

O Galo não jogava bem mas, conseguiu o gol da virada com o volante Elias, aos 21 minutos. Luan recebeu pela direita e deu bela assistência para o volante, que dominou e acertou um belo chute, no ângulo do goleiro Santos. Mesmo com o gol sofrido, o Atlético-PR manteve o poderio, achando outra bola na trave, com Pablo, obrigando Victor a trabalhar duas vezes com dificuldade.

Mas o gol, do alívio, enfim, saiu, para o Galo, com o artilheiro Ricardo Oliveira. Ele não marcava há cinco jogos, mas estufou a rede aos 36 min. Com o terceiro gol, o Galo administrou o resultado e a partida terminou com uma importante vitória alvinegra.

Foto: Bruno Cantini / Atlético
Foto: Bruno Cantini / Atlético
Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.