Cruzeiro vence Palmeiras fora de casa e sai na vantagem em confronto pela semifinal da Copa do Brasil

Desde os 35 minutos da segunda etapa com um jogador a menos, clube mineiro segura pressão do Palmeiras e garante o direito de jogar pelo empate em casa

barcos2.jpg

Foto: Renato Pizzutto/ BP Filmes

Pressionado desde o início do primeiro tempo, o Cruzeiro vence o Palmeiras pelo placar mínimo em jogo disputado no Allianz Parque, na última quarta-feira (12), a partir das 21h45. Com direito a grandes defesas do goleiro Fábio, expulsão do lateral Edilson e bolas na trave do arqueiro da raposa mineira, o esquema defensivo armado por Mano Meneses conseguiu suportar a pressão alviverde e assegurar a vantagem do empate para o time de Belo Horizonte.

Primeiro tempo

Jogando em casa, o Palmeiras não conseguiu converter seu mando de campo em vantagem na primeira etapa. O clube alviverde encontrou muita dificuldade em furar a sólida defesa montada pelo técnico do Cruzeiro. Já o clube azul de Minas Gerais, bloqueava o ímpeto ofensivo palmeirense com marcação forte e forçando erros de passes dos palestrinos.

Aos 8 minutos, os comandados de Mano Menezes abriram o placar. Após tabela entre Thiago Neves e Robinho, a bola foi tocada para o atacante Hernán Barcos que recebeu livre e tocou por cobertura sobre o goleiro Weverton para marcar o gol da raposa mineira.

Segundo Tempo

Com a vitória parcial, o time cruzeirense continuou em sua tática de contra-atacar. O Palmeiras, por sua vez, aumentou o volume de jogo, mas sem sucesso para abrir o placar.

A pressão se tornou ainda mais intensa após a expulsão do lateral Edilson, por reclamação, aos 36 do segundo tempo. Porém, graças a mais atuação espetacular do goleiro Fábio, que vive grande fase, nenhuma das 20 finalizações do Palmeiras balançou as redes azuis para  colocar números iguais no placar da partida.

No último lance da partida, o Palmeiras teve um gol invalidado pelo árbitro matogorssense, Wagner Reway. Na jogada, o goleiro cruzeirense saiu mal do gol. A bola sobrou para o zagueiro Antônio Carlos que marcou, mas o ataque já havia sido impugnado pela arbitragem que marcou falta no goleiro do clube mineiro. Houve muita reclamação dos atletas paulistas na saída de campo ao final do confronto.

Próximos Jogos

Os clubes voltam a se enfrentar no dia 26 de setembro (quarta-feira), no Mineirão. O Cruzeiro joga pelo empate para se classificar a final. O Palmeiras, por sua vez, precisa de uma vitória por dois gols de diferença para se classificar de maneira direta a mais uma final da Copa do Brasil.

Os times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (16), às 16h. O Cruzeiro recebe o Atlético-MG para a disputa do clássico mineiro, no Mineirão e o Palmeiras visita o Bahia na Arena Fonte Nova.

Ficha Técnica

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)

Data e horário: 12.09.18 (quarta-feira), às 21h45.

Palmeiras: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Lucas Lima), Bruno Henrique (Marcos Rocha) e Moisés; Dudu, Borja (Artur) e Willian. Técnico: Luiz Felipe Scolari (Felipão).

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egidio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Bruno Silva), Thiago Neves e Arrascaeta (Rafinha); Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.